quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

O Muro dos Sussurros

video
Já aqui publiquei várias fotos sobre este projecto, mas aqui fica um registo melhor. De salientar que a escultura ainda está na fase de secagem, portanto ainda não posso apresentar o trabalho acabado.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Inauguração do Concurso de Valladolid


Inaugura no próximo dia 18 de Janeiro a exposição referente ao XVII Concurso de Cerâmica "Ciudad de Valladolid", na Sala Revilla, C/ Torrecilla, 5 Valladolid.
Este ano a ganhadora do prémio foi Lourdes Riera Rey com a obra " Fantasia Paleontologica en verde".
A exposição estará patente até dia 5 de Fevereiro.

domingo, 8 de janeiro de 2012

Comemorações da Escola Artistica Soares dos Reis


Esta semana a Escola Artística Soares dos Reis, no Porto, comemora os seus 127 anos com palestras, exposições e lançamento de um livro.
Se clicar na imagem poderá ver a programação das palestras e seus convidados, embora já tenha havido algumas alterações.
As palestras deveriam abrir comigo e com Heitor Figueiredo, mas por questões de saúde, só estarei presente eu. O objectivo, da minha palestra, é abordar a importância que a escola teve em mim, no que absorvi durante a minha passagem por lá e o que "originou" até agora.

No dia 12, pelas 11.30, será lançado o livro "Impressões", que consiste no relato de vários professores e funcionários marcantes da escola, conjuntamente com uma serigrafia do professor Francesco.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Mais um amigo que partiu

João e Gaspar (pai e filho) mais próximos que nunca, depois da Joaninha nos ter deixado faz muito pouco tempo. 

Infelizmente não voltarei a ter mais esta visão, uma vez que o João ontem também nos deixou. Por sentir a falta da sua amiga, desistiu de lutar pela sua recuperação.
O João estava a recuperar muito bem de um cancro que lhe foi removido em Agosto, mas com o desaparecimento da sua companheira Joaninha, o seu comportamento alterou-se. Passou a estar mais triste, procurar mais a companhia dos que estavam em casa e curiosamente mais sociável. 
Por vezes os gatos sentem tanto a falta do amigo que desistem de lutar e as suas defesas desaparecem. Segundo o veterinário, foi isso mesmo que aconteceu, a tristeza apoderou-se dele e o cancro atacou-o subitamente sem nada se poder fazer.
Acompanhou-nos durante 14 anos este amigo que deixa agora o Gaspar sozinho. De referir que o Gaspar era filho dos dois e que também se alterou com o desaparecimento da sua mãe. Agora são duas perdas num espaço de mês e meio. A ver se se aguenta este Gaspar.