quarta-feira, 17 de junho de 2020

Alguns resultados do confinamento

 "Montanha II"
Grês, técnica do rolo, cozedura a 1200ºC em forno de lenha. 36 x 30 x 30 cm. 2020


"Montanha I"
Grês, técnica do rolo, cozedura a 1200ºC em forno de lenha. 60 x 45 x 34 cm. 2020


"Montanha III"
Grês, técnica do rolo, cozedura a 1200ºC em forno de lenha. 34 x 34 x 10 cm. 2020


 "Montanha IV"
Grês, técnica do rolo, cozedura a 1200ºC em forno de lenha. 32 x 30 x 20 cm. 2020

segunda-feira, 15 de junho de 2020

Alguns resultados do confinamento

 "Não, não estamos todos no mesmo barco"
Grês, técnica do rolo, cozedura a 1200ºC em forno de lenha. 48 x 25 x 19 cm. 2020


 "Brinca comigo"
Grês, técnica do bloco, cozedura a 1200ºC em forno de lenha. 63 x 6 x 14 cm. 2020


 "Isolamento"
Grês, técnica da lastra, cozedura a 1200ºC em forno de lenha. 47 x 12 x 23 cm. 2020


 "Precipício"
Grês, técnica do bloco, cozedura a 1200ºC em forno de lenha. 22 x 12 x 14 cm. 2020

quinta-feira, 30 de abril de 2020

Catálogo online

( Foto Rui Pinheiro)

Em tempos de confinamento, sem exposições, com projectos cancelados e adiados, resta-nos este registo. O catálogo online, da exposição "Que caminho percorres tu", que esteve em exposição o ano passado, por esta altura.

https://issuu.com/cm-loures7/docs/que_caminho_percorres_tu_-_sofia_be_a?fbclid=IwAR1AkvYso3fDoKklXGgJa0XIWB80E4F71e6yVHPZwu2YXY0Tcx9zilcLPps


quarta-feira, 8 de abril de 2020

Residência artística em Jingdezhen, China



Era suposto estar neste preciso momento em Jingdezhen, China, a inaugurar a minha exposição , fruto da residência artística que teria estado a acontecer desde 1 de Março. Pelo facto da China estar nessa altura com a epidemia ao rubro, foi adiada para 15 de Abril. Mas agora estamos nós sem poder viajar e a braços com o coronavirús. Voltamos a adiar, desta vez para Agosto, na esperança que nessa altura, já tudo esteja a entrar no ritmo normal. Costuma-se dizer que à terceira é de vez!! Acreditemos que sim.
Apesar da residência artística ser quase toda financiada pela China, havia alguns pontos que não estavam assegurados. Apresentei a minha candidatura à Câmara municipal do Porto, no programa SHUTLLE e tive o privilégio de poder contar com o apoio deles, assegurando assim o que me faltava. Agora é só mesmo toda esta epidemia desaparecer, para poder fazer as malas e fazer o que mais gosto...por a mãos no barro :-) 
Obrigada a todos que me têm ajudado neste processo.

http://www.porto.pt/noticias/programa-shuttle-apoia-seis-novos-projetos-de-internacionalizacao-?fbclid=IwAR1BrDL5AXpHdK66AlbNiYAz14UNj2SM89tH-j2DsralOu6l8aagf-Yd-qo

http://plaka.porto.pt/pt/shuttle/?fbclid=IwAR2xDYGXK26_gOtXjhAXRBtC9IkJh9XSJ-ePrARne_l12Zg-QPbkwLNGNWU

segunda-feira, 6 de abril de 2020

Abandono ou opção?










Outro dia vi umas peças que fiz, creio que em 2005 (se a memória não me falha), num jardim onde as coloquei nessa altura. Não as via há mais de 10 anos e já nem me recordava delas. Aliás, estavam irreconhecíveis, a natureza usurpou-se delas. Sempre me agradou a ideia da natureza intervir na minha obra nos espaços exteriores, mas não a este ponto de abandono. Estas estão ao abandono (parece-me), mas abandono esse que me alegrou. Alegrou ao ponto de fazer ver que é um bom ponto de partida para mais um projecto. 

terça-feira, 17 de março de 2020

Os artistas na sociedade


"Cada um no seu mundo"
Grês, técnica da lastra, cozedura a 1200ºC, em forno de lenha. 62 x 70 x 6 cm. 2018

Os artistas, para se poderem entregar de corpo e alma à sua criação, prescindem de certas "regalias materiais". Graças a eles, podem ver filmes, ouvir as suas músicas, olhar para as fotos daqueles momentos tão importantes, ir aos museus e galerias, apreciar a obra que têm em casa ou no jardim, assistir a uma peça de teatro ou de dança, ler um livro e por aí fora. 
São eles que fazem, de certa forma, as vossas vidas mais preenchidas. O problema é que a maior parte destes artistas vive por conta e risco, se quer viver única e exclusivamente do seu trabalho como artista. Sabem disso, desde que optam por essa via, sabem que vai custar e muito. Mas fazem-no! Sabem também que em tempo de "guerra", não serão necessários, mas ninguém quer viver a pensar que vai estar em guerra. Ao longo da história sabemos que uns sobreviveram, outros desistiram e outros não resistiram.
Agora que estão todos dentro de casa, lembrem-se dos artistas que vos estão a fazer "companhia", no vosso confinado espaço e lembrem-se que irão gostar de voltar a ter a "companhia" deles. Façam-nos sobreviver!!

segunda-feira, 16 de março de 2020

Réplicas de azulejos







Durante estes dois últimos meses, eu e o Pedro Aguar tivemos em mãos 970 azulejos. Um edifício, na Rua do Almada, está a ser reabilitado e foi-nos pedido executar a réplica dos azulejos que faltam na fachada existente. A parte mais difícil é sempre encontrar as cores mais aproximadas ao original. São testes e mais testes até se chegar ao pretendido. Depois segue-se a fase de vidrar a base do azulejo, estampilhar um a um com cada cor e finalmente os detalhes a pincel. Isto 970 vezes!! O resultado final irá demorar a ser colocado na parede, uma vez que a situação actual não permite que o trabalho continue. Aguardemos por melhores tempos. Trabalhar com o Pedro Aguiar foi, uma vez mais, uma maravilha. Que venham mais réplicas!!! 

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

Concurso Faenza, Itália

Carrabochos" (carreiros sinuosos) 

Sabem sempre bem estas noticias!! Para mim, já é um privilegio ter sido seleccionada para um dos melhores concurso de cerâmica do mundo.

https://premiofaenza.micfaenza.org/we-announce-the-list-of-the-selected-artists-for-the-61-faenza-prize/?lang=en

(Foto Rui Pinheiro)

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

Vaso para bonsai


Raramente faço objectos, só quando clientes especiais ou amigos me pedem. Este aqui foi para um bom amigo, que me enviou a foto com o seu bonsai.

sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

Workshop Murais Cerâmicos


De 1 de Março a 15 de Abril estarei em Jingdezhen, China, numa residência artística, para a realização de uma exposição individual na mesma cidade.
Entre esse período, irei também dar um workshop sobre murais cerâmicos, de 16 a 29 de março.   

terça-feira, 7 de janeiro de 2020

Disponível para venda


"Flor protegida"
Grês sobre madeira e papel chinês. Técnica da lastra, cozedura a 1200ºC em forno de lenha. 25 x 25 x 5cm. 2019