terça-feira, 27 de outubro de 2009

Workshop de Azulejos

Neste próximo sábado vai haver mais um workshop de pintura de azulejos . Alguns dos participantes gostaram tanto, que se tornaram "repetentes".


31 de Outubro, das 15.30h às 18.30h. O valor é de 20€ por sábado e inclui todo o material. Aceitam-se inscrições por email para geral@galeriatrindade.co.pt ou pelo telefone 222088528 das 14h às 19h de Terça a Sexta e das 15h às 19h Segunda e Sábado.

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Pequena mensagem




Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...

William Shakespeare

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Ceramic House



Não sou arquitecta, nem nunca pretendi ser, mas vivi longos anos com um que me foi ensinando (felizmente) a "ver" a arquitectura. Hoje, ao comprar o livro "Ceramic Design" da editora daad, para pesquisa de um projecto que tenho em mãos, encontro este "casamento" entre a arquitectura com a cerâmica. Acho fabuloso o exemplo.

"Ceramic house es un café de 100m2 al que el arquitecto, Wang Shu, decidió dar una forma de container. Su superficie consta de dos partes. Una es básicamente llana y la otra es una pendiente. Piezas de colores de gres porcelánico hechas por Zhou Wu cubren las paredes interiores y exteriores del edificio. Las piezas están dispuestas de forma irregular y presentan todos los colores de la cerámica china."

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Workshop de Azulejos

Foto de um pormenor de um dos trabalhos realizados por uma participante, no anterior workshop

A Galeria Trindade vai organizar nos Sábados, dia 24 e 31 de Outubro, das 15.30h às 18.30h um workshop de pintura de azulejo com a Ceramista Sofia Beça. O valor é de 20€ por sábado e inclui todo o material. Aceitam-se inscrições por email para geral@galeriatrindade.co.pt ou pelo telefone 222088528 das 14h às 19h de Terça a Sexta e das 15h às 19h Segunda e Sábado.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Para o meu filhote

Finalmente começo a ver a luz ao fundo do tunel e muito graças ao meu filho, o meu querido Rafael, que me tem conseguido fazer rir com as suas "teorias". Obrigada pelo teu carinho, Rafael!

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Bienal de Aveiro

"Colmeias"

Maria Oriza
"Celda de los recuerdos", menção honrosa

Margrieta Jeltema
"Folded love letters" e "Tokens of love"


Betânia Silveira
"O que nos perpassa nos constitui", menção honrosa

No passado sábado, consegui ir visitar a 9ª Bienal de Aveiro. Devo confessar que de ano para ano a qualidade vai diminuindo e a respectiva montagem nem se fala. Um museu lindíssimo, mas que só permitiu que a organização usasse uma sala para tantos trabalhos. Se a qualidade de uma boa parte dos trabalhos já era duvidosa, a forma como são apresentados não ajuda nada.

Depois fui ver a exposição da retrospectiva de 20 anos da bienal. Outra desilusão, para além de cobrarem bilhete (para que ninguém visite seguramente) , uma retrospectiva de 20 anos com apenas 6 trabalhos...??? Diga-se que em cada anos há 3 prémios, logo, fazendo as contas, dá 27 prémios no total. Onde estarão todos eles??

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Ficamos por Paris

"Armazenamento"
Grês, engobes, sulfato de ferro, cinzas, técnica da lastra, cozedura a 1100ºC em forno lenha. 50 x 55 x 10 cm. 2009

"Enrola-me"
Grês, técnica da lastra e rolos, cozedura a 1150ºC em forno de lenha. 43 x 43 x 7 cm. 2009


"Cúmplices"
Grês, técnica da lastra, cozedura a 1150º em forno de lenha. 2009

Estes foram alguns dos trabalhos que ficaram por França. Galeristas, coleccionadores e curiosos, foram o público que tão boas criticas fez ao meu trabalho. Convites houve para futuros projectos que espero poder concretizar. Resumindo, melhor seria pedir demais.

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Ceramique 14


Todos os dias de manhã bem cedo, as passeatas por Paris eram "obrigatórias" para o meu bem estar.

Mário Reis

Heitor Figueiredo

Hélène Sellier-Duplessis

Daniela Schlagenhauf

sábado, 10 de outubro de 2009

Ceramique 14

Zonia Mas, para alem de fazer parte da organizaçao do evento, tem sido a minha guia turistica e estou instalada na sua propria casa. A minha mama de Paris.


Christian Faillat

Karima Duchamp

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Ceramique 14

Valerie Lebrum

Elsa Alayse

Rafael Perez Fernandez



Catherine Saby

Inauguraçao oficial, com entidades francesas e portuguesas e demasiado publico.

Hoje comecei o dia por dar finalmente uma passeata por Paris. Ja ca nao vinha a largos anos, mas continua basicamente na mesma, ou seja, fabulosa. Amanha ha mais para recordar.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Inauguraçao da 6 Ediçao Ceramique 14

Assim ficou o aspecto do nosso espaço.


Nicole Adam, a presidente da associaçcao Tout a Tout, associaçao essa que organiza o evento.


Mario Rei, eu, Manuel Cargaleiro e Heitor Figueiredo.


Manuel Cargaleiro com Guy Trahtenbroit

O teclado usado e fora do normal, por isso mais uma vez terao que fazer um esforço para perceber o que esta escrito.
Hoje foi o dia de abertura da exposiçao, mas amanha e que sera a abertura oficial, mas ja tivemos direito a bons comentarios vindos do Manuel Cargaleiro e do critico Guy Trahtenbroit.

domingo, 4 de outubro de 2009

Viagem até Paris

Sigo agora mesmo em direcção a Paris. Serão longas horas de viagem, com a carrinha cheia de trabalhos do Mário, do Heitor e meus. Terça já lá temos que estar para começar a montar o espaço. Se tiver possibilidade irei dando noticias.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Ceramique 14

Tradução da pagina do catálogo da 6ª Edição de Cerâmica de Arte Contemporânea.
Sofia Beça nasceu no Porto em 1972. Em 1992, concluiu o Curso Técnico-Profissional de Cerâmica da Escola de Artes Decorativas Soares dos Reis. Fez uma especialização em escultura e murais cerâmicos com Arcadio Blasco, tendo mais tarde trabalhado no seu atelier. Os seus temas são a natureza, a presença humana, as relações interpessoais, a globalização desumanizadora, geralmente expressos criticamente em formas orgânicas, que sugerem a origem do mundo, marcadas por um carácter espontâneo e essencial, voluntariamente à margem dos grandes fluxos mercantis da arte contemporânea.